Arquivos de tags: rauchbier

I NanOktoberfest Sinnatrah – Alegria e muita cerveja!

Amig@s Cervejeir@s!

Nesse último final de semana realizamos mais um evento cervejeiro na Sinnatrah. Foi nossa primeira festa de outubro, a “I NanOktoberfest Sinnatrah”. Definitivamente não podíamos deixar de celebrar eventos cervejeiros como esse e o Dia de São Patrício em março.

Bom, antes de falar da nossa festa, um pouco de história.

Essa festa alemã começou a ser celebrada em 1810, em Munique na região da Bavária. Foi criada para celebrar o casamento do príncipe Ludwig (que se tornou o rei Ludwig I) com a princesa Teresa de Saxe-Hildburghausen. Toda a Bávaria foi convidada para a festa que aconteceu no dia 12 de outubro, no mesmo local onde é celebrada atualmente, nos “Campos da Teresa (Theresienwiese)”.

A festa tinha como ponto alto uma corrida de cavalos, e ainda existem referências a isso durante a festa hoje em dia, em desfiles, apesar da cerveja ter se tornado o centro das atenções. Foi um enorme sucesso e por isso foi marcada uma repetição para o ano seguinte, e acabou virando tradição. Mas foi apenas em 1887 que cervejarias começaram a participar da organização da festa, iniciando o modelo atual da celebração com as tendas e bandas de músicas típicas. E apesar do nome, a festa sempre ocorre nos últimos dias de setembro, pegando apenas o primeiro final de semana de outubro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E a nossa NanOktoberfest Sinnatrah celebrou a existência dessa fantástica festa onde a cerveja é o combustível e lubrificante social para muita cantoria, brindes (Ein prosit…Ein prosit…), danças… enfim alegria (e cerveja) quase sem fim! Consumimos alguns petiscos alemães como Weisswurst (salsicha branca) e outras salsichas (frankfurter e  schilling), e Apfelstrudel (strudel de maça by boa de garfo).  Curtimos também musicas alemãs até a “quase” começarmos a entender as letras (sem chances!).

Algumas curiosidades legais da nossa festa que “superaram” a festa de Munique.

Enquanto por lá apenas cervejas do estilo Oktoberfest são servidas em todas das tendas (de cervejarias diferentes), na nossa tivemos 3 diferentes estilos de cervejas alemãs, Helles, Rauchbier e Alt, além de nossa clássica e aclamada India Pale Ale, a B’IPA.

E o mais surpreendente, enquanto durante a festa em Munique são consumidos cerca de 1,11 litros de cerveja por cabeça (dados de 2010 – 7,1 milhões de litros para 6,4 milhões de pessoas), a nossa teve o dobro! Cerca de 2,2 litros por pessoa (dados de 2011 – 110 litros para 50 pessoas). “Toma essa Munique!” 😛

Obrigado a todos pela participação e ano que vem tem mais. Estamos até pensando em mudar o nome para (pelo menos) MicrOktoberfest! 😉

Prost!

Rodrigo Louro

I NanOktoberfest Sinnatrah – 22/out/2011!!!

É claro que não poderíamos deixar passar em branco essa tradicionalíssima celebração cervejeira, ainda que, proporcionalmente à nossa cervejaria, ela venha em uma versão NANO – só no tamanho, porque a diversão aqui é sempre grande!
O dia inteiro com comes e bebes típicos!
Nos bebes: tradicional chope da casa, B´IPA, além de RAUCHBIER e HELLES Bamberg.
Quando:
sábado, 22 de outubro – das 14h às 21h
Entrada:
R$45,00 – pra comer e beber à vontade!
Pra ir treinando o “hino oficial”:
Ajude-nos a deixar o clima ainda mais com cara de Oktoberfest:
VENHA CARACTERIZADO E TRAGA SUA CANECA!!!
O mais importante do traje é a caneca! :P
O mais importante do traje é a caneca! 😛

6º Concurso Nacional de Cervejas Artesanais

Amigos Cervejeiros,

No último feriado foi realizado em Florianópolis-SC mais um Concurso Nacional de Cervejas Artesanais. Este ano as categorias participantes, como você deve saber a essa altura, foram Bohemian Pilsner, Classic Rauchbier e English Barley Wine, um desafio e tanto. Desafio, pois o concurso continha duas lagers, um pesadelo para qualquer cervejeiro caseiro e a Barley Wine, que embora seja uma cerveja ale, depende de tempo e muito cuidado do cervejeiro para se tornar uma cerveja bem equilibrada e agradável. Complicado mas muito bacana, já que a graça da coisa toda e ter a cerveja, e por fim, a qualidade do cervejeiro avaliada por diversos especialistas em cerveja, de diversas áreas.

A surpresa positiva foi, depois de 3 concursos seguidos, a Sinnatrah ser uma das finalistas da categoria Bohemian Pilsner. Não levamos, mas ficamos entre as 8 melhores receitas, o que por si só já é motivo de orgulho na Sinnatrah e certeza que faremos algumas novas brassagens da já saudosa Suco di Cevadis. A relação completa dos vencedores pode ser encontrada na página da ACervA Catarinense.

Outra face deste evento, tão ou mais importante que o próprio concurso em si, é o encontro, sob uma mesma tenda, de amigos cervejeiros do Brasil todo, gente que não só curte cerveja pela sua óbvia propriedade inebriante, mas curte principalmente a cultura envolvida com a fabricação artesanal da bebida. Com certeza somente nessa festa você poderia apreciar tantos experimentos cervejeiros de uma só vez, o que torna esse, se não o maior, o mais interessante evento cervejeiro do Brasil. 

Em tempo: como nem tudo são flores, ainda há muito espaço para melhorias no meio cervejeiro brasileiro, como bem apontou nossa amiga e parceira Ingrid Calderoni. Vale a pena ler o post dela na Trilha da Cerveja.

Até a próxima!

%d blogueiros gostam disto: