Arquivos da Categoria: Equipamentos de fabricação

Como fizemos o inédito filtro de lúpulos para a estreia da B´IPA

No último dia 5/11 nós tivemos mais uma grande noite na história da Sinnatrah Cervejaria-Escola com a estreia da B’IPA como uma sazonal da Cervejaria Nacional. Fazer parte da lista de cervejas da cervejaria nos enche de orgulho e a demonstração de carinho dos amigos que apareceram na noite de segunda lá na Nacional foi sensacional.

Além de estrearmos a cerveja, que passou por tradicional dry-hopping com os lúpulos Fuggles e East Kent Goldings, utilizamos um filtro de lúpulos em flor, cujo objetivo é dar aquele toque extra no aroma da cerveja, nesse caso as notas terrosas do East Kent Goldings. Ou seja, assim que a cerveja era servida da chopeira, ela passava pelas flores verdes do lúpulo antes de cair para o copo.

Não tenho o conhecimento de tal traquitana ter sido utilizada por cervejarias comerciais alguma vez antes de nós, ou seja, a Sinnatrah e a Nacional trazem, de novo, o diferente para o nosso cada vez mais amplo universo cervejeiro.

O filtro em si é um dispositivo bem simples, porém a montagem não é tão trivial. A inspiração veio do Concurso Nacional das Acervas em Porto Alegre, 3 anos atrás e desde então eu quis montar um filtro desses. Bem, o filtro é uma carcaça normal de filtro de água, daqueles que usam um elemento filtrante de polipropileno ou celulose. Você pode adquirir um sem o elemento filtrante, e foi isso que eu fiz. As conexões são simples, de PVC ou plástico para ligar as mangueiras de entrada e saída de cerveja. A saída vai direto para a chopeira, no nosso caso uma a gelo, e a entrada vem do barril. A partir daí a trama se complica um pouco.

O desafio é evitar que as flores de lúpulo entupam a torneira da chopeira, ou o elemento filtrante seja muito restringente a ponto de aumentar muito a pressão na mangueira ou no próprio filtro. Para isso é preciso bolar algum esquema.

Minha solução foi utilizar um cano de PVC de ¾” cortado exatamente do tamanho do filtro, com duas grandes aberturas cravadas e um corte para se adaptar a tampa do filtro. As grandes aberturas do cano foram recobertas por uma tela de nylon, presa com abraçadeiras plásticas, formando um elemento filtrante.

Visão de cima do “esquema” do filtro de lúpulos

Bom, a peça é encaixada no fundo do compartimento principal e as flores posicionadas em volta. Voilá, eis que temos um hop filter para alegrar até o mais exigente lupulomaníaco. E foi assim que a B’IPA fez sua estreia numa cervejaria comercial, respeitosamente servida através das flores de East Kent Goldings.

Abraços

Alexandre Sigolo

X Curso de Cerveja Artesanal Sinnatrah – NOVO – Equipamentos!

Amigos cervejeiros,

Nesse final de semana aconteceu a décima turma do nosso curso de fabricação caseira de cerveja artesanal. Outra turma quase lotada, e diversas reservas para nossa XI turma, que será no dia 29 de outubro (se você ainda não é um de “nós”, está ai mais uma oportunidade de se tornar um cervejeiro!).

Turma bem variada, e com alguns já alunos do nosso curso introdutório que foi oferecido com desconto de lançamento no site de compras coletivas Groupon (ATENÇÃO: Turma Aberta em 08 de novembro!). Muito gratificante ver as mesmas pessoas que não esconderam o espanto com a frase: “Dá para fazer cerveja em casa!?!?”, prestando atenção enquanto companheiros fazem a recirculação e a lavagem dos grãos!

Para esse curso inauguramos a venda de dois tipos de kit para fabricação de cerveja em casa. O tradicional, para levas de 20L, com tudo que você precisa para iniciar as produções imediatamente, ainda com a empolgação elevada pelas agradáveis horas do nossos curso. O outro é um lançamento Sinnatrah. Nosso kit de mini-mash, para produções sem grande investimento inicial de 8-10L de cerveja. É um método que adaptamos para popularizar ainda mais a atividade de produção caseira de cervejas. É como o Alexandre disse: “com esse kit, uma pessoa pode fazer cerveja como quem vai passar um cafezinho. Eu já tenho o meu!”. Tirando a sutil diferença de tempo que sua cerveja e um café, ficariam prontas (com a fermentação e maturação, né pessoal do X curso? 😉 ), a analogia é bem válida pela facilidade de manipulação (e redução do tempo de brassagem). Aguardem maiores detalhes por aqui ainda essa semana, ou já escrevam para vendas@sinnatrah.com.br para saber sobre esse, e todos os outros produtos, que oferecemos.

E para os novos cervejeiros do X curso, segue abaixo a foto final da turma, com todos felizes e satisfeitos ao lado de mais uma futura American Pale Ale!

Felizes cervejeiros da X turma do Curso de Cerveja Artesanal Sinnatrah

O mosto está fermentando muito bem desde domingo. Para detalhes do que acontecerá nos próximos dias, chequem os posts do Diário de uma Pale Ale, e lembrem-se que em aproximadamente 15 dias ela estará na garrafa para retirada de parte da produção por cada um dos alunos.

Obrigado a todos os alunos pela turma! Esperamos que vocês tenham gostado, tanto do curso quanto da nossa APA.  E lembrem-se que agora a Sinnatrah além de insumos e ajuda no preparo de receitas, também vende kits básicos de fabricação! Não é brincadeira nosso lema (“tem cerveja no nome, a gente faz!”), e nem que estamos aqui para ajudá-los em todo o processo para se tornarem felizes cervejeiros caseiros!

Saúde!

Equipe Sinnatrah

%d blogueiros gostam disto: