Descobertas e Oportunidades no Mundo das Cervejas – PARTE I

É interessante perceber e fazer parte do crescente reconhecimento das cervejas artesanais e especiais no âmbito nacional.

Meu nome é  Carolina Doria, sou bióloga formada pelo Mackenzie e integrante da Sinnatrah desde outubro/2011. Nos próximos posts vou contar um pouco da minha história cervejeira e de como cheguei e o que faço na Sinnatrah.

Desejo a todos uma boa leitura e, por favor, comentem.   Contato: carolina@sinnatrah.com.br

 

Meu apreço por cervejas começou há alguns anos, quando conheci as bebidas alcoólicas. Mas somente quando fui à Alemanha a passeio foi que realmente cresceu meu interesse por cervejas diferentes.

Na Bavária visitei cervejarias locais e tomei cervejas diferentes das que encontrava aqui no Brasil. Nos restaurantes, era de praxe tomar uma caneca de meio litro da cerveja da casa a uns 10ºC para estimular as papilas gustativas até chegar a comida. Então, mais meio litro para acompanhar as “salsichinhas e salsichons” sempre muito aromáticas e saborosas. Finalmente, mais meio litrinho para coroar o almoço de uma quinta-feira comum.

Durante os dias que estive lá fiz todos os passeios de turista: visitei museus, castelos antigos, praças, parques, sempre regados à cerveja. Porém, é difícil descrever a emoção que tive quando me vi em uma visitação aos túneis, à cidade embaixo da cidade, sob uma cervejaria.

(para saber a continuação, fique atento ao post da próxima semana)

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: