A importância de algumas coisas

 

Alguns ícones devem ser mantidos. Alguns desses ícones são representados por edificações que apesar do desuso nos dias atuais nos lembram e representam o espírito e a necessidade de um tempo. São assim os Arcos da Lapa no RJ e o Pátio do Colégio em SP, uma das mais antigas edificações da cidade e que incrivelmente resistiu a especulação imobiliária por aqui.

Um desses ícones foi abaixo no RJ, há poucas semanas, a antiga fábrica da Brahma na avenida Marquês de Sapucaí. O prédio ficava atrás do sambódromo carioca e foi demolido para a construção de uma arquibancada e outras “melhorias” no local.

Fábrica da Brahma, antes da implosão

A cervejaria ainda em seu local de fundação original foi fundada em 1888 pelo suíço Joseph Villiger, e é uma das mais antigas do país. Embora hoje a marca Brahma seja um sinônimo do consumo massificado de American Pale Lagers de qualidade pra lá de duvidosa – e campanhas publicitárias idem – houve um período grande em que a cervejaria foi pioneira em produtos de qualidade e ofereceu, através daquela antiga fábrica, estilos desconhecidos do brasileiro como Stout e Porter. Seus rótulos também exibiam a estrela Zoigl, antigo símbolo cervejeiro indicando algum compromisso com a cultura cervejeira.

Tão importante quanto isso, uma parte da geração de cervejeiros que atua em diversos campos do nosso universo cervejeiro teve relação com a Brahma em algum momento de suas carreiras, ajudando a construir esse momento especial da cultura cervejeira em nossas terras.

fonte: https://i2.wp.com/media.jb.com.br/fotos/2011/06/05/610x472both/05Gimplosao_vitor.JPG

A história virando pó....

 

Por todas essas razões e pela escassez desértica de ícones desse tipo no Brasil, devo confessar que fiquei triste com a implosão dos antigos prédios da cervejaria. Muitas cervejarias européias mantém suas plantas históricas em pé mesmo depois da construção de fábricas mais modernas, mantendo seu patrimônio histórico preservado. Pensando apenas na área de atuação Sinnatrah, a implosão da antiga cervejaria equivale a destruição das estatuas de Buda no Afeganistão. Exageros à parte, os edifícios representavam o ponta pé inicial de um momento que estamos todos participando hoje, mesmo que atrasados, que é descobrir o fascinante mundo da cerveja, uma verdadeira conquista da humanidade.

Abaixo algumas fotos que eu fiz da antiga fábrica da Antarctica em Ribeirão Preto. Em tempo, faz tempo que eu não peço Brahma em lugar nenhum.
Antarctica

Olha a Antarctica de Ribeirão Preto. A lenda dizia que a serpentina da chopeira ia

 

A fachada

 

 Saúde!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: