E a Sinnatrah ganha uma irmãzona….

O começo de tudo

Perto do meu aniversário de 26 anos ganhei dos meus amigos Carina Victória e Rodrigo Louro o livro “Homebrewing for Dummies”, o que parecia uma grande idéia para alguém que acabara de começar o doutorado em Bioquímica. Logo adquirimos um kit básico de equipamentos e insumos e colocamos a mão na massa.

Nossa primeira cerveja, aka “Sinnatrah Summer” foi degustada por uma pequena multidão que tomou conta do apartamento na Vila Madalena no meu aniversário. A cerveja era uma clássica “Fail Ale”, com cor de gemada e aroma de milho cozido. Uma delícia, se levarmos em consideração meu orgulho pela cria. Algum tempo depois começamos a beerevangelizar no próprio Instituto de Química da USP, mostrando cervejas Sinnatrah muito melhores e algumas outras boas cervejas para a comunidade do instituto.

Algum tempo se passou e a Sinnatrah cresceu e tomou mais forma e estrutura, faz um monte de eventos, cervejas e coisas legais no segmento e está indo cada vez melhor. Desde o “Homebrewing for Dummies” eu pensava em transformar o hobbie em emprego, pois a idéia me agradava muito – cervejarias e laboratórios têm muito mais em comum do que se imagina.

Nesse meio tempo conheci, através de um grande amigo, o Paulo Fejão (oBIERcevando), dois caras sensacionais: Luis Fabiani e o Dudu Toledo. Os caras, ex-homebrewers, criaram a Microcervejaria Nacional e faziam cervejas para alguns bares, entre eles o mitológico Drake’s, um dos mais importantes e saudosos templos cervejeiros da nossa cidade. Pouco tempo depois, a Cervejaria Nacional também cresceu e se transformou praticamente no maior empreendimento cervejeiro de São Paulo, desde a fundação da Antarctica, aqui pertinho da Sinnatrah, em 1888.

Exageros a parte, esses dois malucos chamaram o humilde cervejeiro aqui para participar desse mega projeto e confiaram a mim a colher para reproduzir aquela famosa cerveja do Drake’s, hoje na sua encarnação Kurupira Ale.

É com enorme orgulho e gratidão que na última quinta feira, 27 de maio de 2011 a Cervejaria Nacional levantou as portas, desceu as cadeiras e conectou seus barris para o público. Trata-se de um Brewpub, um bar que produz suas próprias cervejas, com 5 receitas fixas e uma sazonal. Depois de muita ansiedade, as 6 receitas elaboradas a 6 mãos foram postas a prova pelo público e o retorno tem sido muito bacana, para o total deleite do meu senso de cervejeiro coruja, 8 anos após o Dummies.

Convido a todos para irem lá na Nacional experimentar as meninas e também a dar uma conferida nas novidades Sinnatrah, lógico! Agradeço desde já ao apoio a essas duas famílias, que como todas as grandes cervejarias, serão perenes.

Alexandre Sigolo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: