O até logo de um amigo….

Fim de semana agitado como dito. Também neste último final de semana houve uma despedida, ou melhor, um até logo do “nosso” Bar Anibal. O bar, localizado ali na Rua Barão do Bananal no historicamente bairro cervejeiro da Pompéia vendeu seus últimos chopes Bamberg e cervejas artesanais do mundo todo no sábado. A despedida na verdade demora mais alguns dias, porém, foi minha última passagem.

Não costumo freqüentar muitos bares, mas quando o faço vou ao Anibal. O ambiente é sensacional, os donos, a Gabi e o Vitor são grandes pessoas e amigos e o lugar era a poucas quadras de casa. Depois de algum dia duro era comum eu tomar alguma maravilha por lá. Nos últimos meses o bar deu uma radicalizada e tirou a Ambev de suas fileiras, causando a ira daqueles que querem pseudo-cerveja, mas manteve uma bela linha do que vale a pena das grandes, como as Baden Baden e a Eisenbahn. Em homenagem, na minha derradeira visita, que diga-se durou umas 8 horas, só desfrutei de cervejas nacionais, como a Abadessa Export, 1999, Helles Bamberg, 5 e algumas outras.

Foi difícil não pensar em como é complicado achar um bar, que trate você bem, ofereça os produtos certos e você se sinta em casa. Era assim com o Anibal, onde a coisa extrapolava muito a mera questão do sair de casa para consumir, percebe? Um lugar como esse tem um impacto positivo na comunidade em que ele está inserido, pois agrega vizinhos separados por apenas uma parede, mas que não podem se encontrar nunca, na nossa cidade desértica de espaços de convivência.

Em locais como o Anibal se projetam revoluções e naquelas mesas pequenas revoluções cervejeiras com certeza foram armadas, maquinadas, pensadas e postas em prática, afinal, um aquele era um bar cervejeiro, e como tal propagava nossa cultura cervejeira. Sem contar que há poucos meses tivemos uma baixa terrível em nossas fileiras, já que o Anhanguera fechou suas portas.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O suspiro de tranqüilidade vem com a noticia/promessa/expectativa que esse seja apenas um até logo e em breve o Anibal ressurgirá em algum outro ponto da Pompéia. Assim, todos nós da Sinnatrah esperamos e eu particularmente torço muito para que ele ressurja apresentando muitas outras cervejarias nacionais.

Um abraço

Alexandre Sigolo

Anúncios

2 Respostas para “O até logo de um amigo….

  1. FERNANDO MATHIAS 16/02/2011 às 21:27

    como assim? o bar está fechando? por quê?

  2. Anderson Cesari 17/02/2011 às 3:29

    Pois, nada nessa vida dura sempre, são tão raros e cada vez menos especiais os lugares em que a gente se sente literalmente em casa.
    Eu que moro há mais de 900km de distância sempre ouvi falar muito bem desse espaço, uma pena não tê-lo conhecido antes do fim.
    Deus abençoe os proprietários e que um novo horizonte se abra para cada um deles e de todos os frequentadores do espaço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: