Viva a Malteação!

A malteação é o processo que o grão de cevada (não exclusivamente) passa para que as suas enzimas sejam desenvolvidas e possam transformar o amido em açúcar.
Esse processo ocorre na maltearia e consiste em uma germinação controlada do grão, até determinado ponto em que a temperatura, tempo e a umidade são controladas, paralelamente com a continua aeração dos grãos. Nesse processo a estrutura do amido se modifica e a germinação se inicia. O próximo passo é a secagem, que consiste em cessar o processo de germinação, moldar a cor e o aroma. No processo pré-Revolução Industrial a secagem era feita de forma direta em um processo em que o malte era seco pela queima de madeira e que acarretava um patrão defumado nos maltes.  Após a mecanização dos processos, esse processo deixou de ser usado nas maltearias, a exceção ao malte defumado que é usado nas Rauchbier.  

O produtos desse processo é indispensavel na  cerveja. A cor, aroma e produção de açúcares na mostura (em que, tanto no processo com rampas, como no processo ‘simples’, o amido que é transformado nesses processos será convertido em açúcares mais simples, para que as leveduras possam  produzir alcool) é essencial à cervejas do mundo todo, desde o inicio.

diferentes tipos de malte, com diferentes cores e aromas

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 431 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: